17/03/2015

Desenhe seu destino

Brouillard.~ | via Tumblr

Olá, pessoas!
A maior dificuldade para algumas pessoas é descobrir sua vocação, saber no que é bom e o que quer para a vida. Eu sou uma dessas pessoas. Honestamente, saber o que eu quero fazer, eu sei, eu não sei é se vai me fazer feliz. Quando eu digo "o que se quer para a vida", não estou me referindo apenas à profissão, também penso em relacionamentos, tanto amorosos quanto círculos de amizade. Penso em família, bens materiais próprios e se eu vou ser feliz, penso muito se eu sou feliz...
Um conselho que eu dou é, se divirta e faça o que gosta, o que te faz bem. Porque não adianta nada ser rico de bens materiais e ser pobre de espírito, entende? Experimente, corra atrás! Estude, preste vestibular para vários cursos diferentes em várias faculdades, veja no que mais se adapta. Se começar e não gostar, troque de curso, troque de profissão, troque tudo! Apenas vá atrás do que te faz feliz. Mude, mudanças fazem muito bem, tiram um peso da alma e não podemos ficar parados no tempo. Porém, mude por você, melhore por quem merece, se adapte. Ame, sorria, dance, brinque, converse mais com seus pais, diga o quanto os ama, que sente saudades e que gostaria de estar em seus abraços... Diga àquela pessoa o quanto ela é especial (sei que sem querer um nome surgiu em sua mente), leve a vida menos a sério, se precisar chorar, chore sem medo, coloque tudo o que te faz mal pra fora, faça menos coisas que te estressem, sonhe e realize porque nada é melhor do que ver um sonho se concretizar, cultive pessoas de paz, que te apoiem em suas decisões, mas que também saibam te abrir os olhos quando estiver errado, ou seja, tenha amigos verdadeiros. Tudo bem que, hoje em dia, qualquer coisa que seja verdadeira está quase fora de alcance e em extinção, mas se tiver sorte, você pode achar um(a) amigo(a) para a vida toda e um amor verdadeiro.
Temos um universo inteiro de escolhas que definem nosso futuro, seu destino é você quem escolhe, nem tudo é coincidência, okay?

Beijos!

PS: Como eu gostaria de seguir meus próprios conselhos...